Menu
1 a 3 dias

Deixe-se enamorar por Sintra em 24 horas

Vista de Sintra
Não é à toa que a vila de Sintra é considerada por muitos a capital do romantismo. Terra de infindáveis encantos e mistérios, é, sem dúvida, um local a visitar, a apenas 30 minutos de Lisboa.

Viaje do centro da vila até à Lua

Reza a lenda que era na serra de Sintra que os Celtas veneravam Cynthia, a deusa da Lua. Talvez por isso, este local é também conhecido como "Monte da Lua”.
 
Lendas à parte, o misticismo de Sintra é bem real e pode senti-lo logo na sua primeira visita. Comece o dia no centro da histórico da vila, percorra a pé as ruelas coloridas e as lojas típicas, tome o seu pequeno almoço e prove as iguarias regionais. 
 
Apanhe a carruagem que o leva ao alto do Monte da Lua e visite o primeiro monumento histórico: o Palácio da Pena.

Pelos trilhos da Pena

Iguarias típicas de Sintra
Palácio da Pena
Chalet da Condessa
Castelo dos Mouros
Mandado construir por D. Fernando II, acoplado ao convento manuelino da Ordem de São Jerónimo que ali existia desde 1511, o Palácio e o Parque da Pena que o rodeia são o expoente máximo do Romantismo do século XIX em Portugal. Um detalhe delicioso deste parque, e que pode conhecer durante um simpático passeio de charrete, é o Chalet da Condessa d’ Edla, local de veraneio reservado para o rei D. Fernando II e a sua segunda esposa, a Condessa d’ Edla. 
 
Junto ao Palácio, e antes de descer de novo ao centro da vila, visite o Castelo dos Mouros, e deixe-se envolver pelo verde da serra e pela vista de cortar a respiração. Sinta a vila a seus pés e veja-a estender-se até ao Atlântico!

De volta ao coração da vila e da História

Palácio Nacional de Sintra
Quinta da Regaleira
Torre Invertida da Quinta da Regaleira
Seteais
Com os pés de novo assentes em terra firme, é agora tempo de explorar as belezas naturais e arquitetónicas que o centro da vila nos oferece. Sabia que o Palácio Nacional de Sintra, situado bem no coração da vila, é o único palácio construído em Portugal na Idade Média que se mantém praticamente intacto aos dias de hoje? Vale a pena visitar este pedaço de história e apreciar as suas chaminés icónicas, que se tornaram ex-libris da própria vila de Sintra.
 
Paramos para almoçar? Estamos no sítio certo para isso. Deixe-se levar pelo seu olfato e desfrute de uma refeição saborosa, ao jeito da boa cozinha portuguesa!
 
E quando se sentir revigorado, arrancamos para mais meio dia de descobertas incríveis pela vila de Sintra! A uma curta caminhada do centro, entramos na surpreendente Quinta da Regaleira. Este é um dos recantos mais bem guardados de Sintra que merece cada minuto do seu tempo, Perca-se nos seus jardins de inspiração fantástica, espreite as grutas misteriosas e delicie-se com os lagos envoltos em verde, descubra a Torre Invertida e dedique algum do seu tempo a conhecer o Palácio. Vai ver que não se vai arrepender.
 
Última paragem: Palácio de Seteais. Hoje o edifício principal é um hotel, propriedade dos Hotéis Tivoli e por isso de acesso restrito. No entanto, os jardins e o miradouro sobre a região saloia podem e devem ser visitados!
 
Provou os travesseiros de Sintra ao pequeno almoço? Então, que tal voltar à vila para trincar uma queijadinha típica? Hmmm… Aproveite para comprar aquela lembrança e alongar as pernas, porque o dia foi longo!
 
Este dia chegou ao fim, mas se acha que Sintra é só isto, desengane-se. Venha conhecer as praias de Sintra connosco!

Últimos posts

O que Lisboa tem para abrilhantar o seu Outono
Eventos

O que Lisboa tem para abrilhantar o seu Outono

Ainda não é o Inverno que está a chegar, mas o Outono já nos faz sentir que os melhores meses do ano (pelo menos para a maioria) já se estão a despedir, embora as temperaturas altas que ainda se vão fazendo sentir nos queiram dizer o contrário.

Saiba mais
 Onde comer um bom sushi em Lisboa?
Onde comer

Onde comer um bom sushi em Lisboa?

Sushi, uma palavra tão pequena e que diz tanto... A moda do sushi chegou há vários anos a Portugal e veio definitivamente para ficar. Sobretudo na capital, os empreendedores perceberam rapidamente que a indústria da restauração só ficaria a ganhar se apostassem neste tipo de alimentação. Facto esse que os levou a abrirem novos espaços exclusivamente dedicados aos amantes da comida japonesa.

Saiba mais