Menu
O que fazer

8 museus de Lisboa que devem constar na sua checklist

8 museus de Lisboa que devem constar na sua checklist
Em Lisboa, respira-se arte e cultura em cada canto. Mais precisamente em cada museu e em cada local criado exclusivamente para a difusão da arte e da cultura portuguesa e estrangeira. Descubra aqui quais são os museus de Lisboa que não pode deixar de visitar se está de visita pela cidade ou se pretende fazê-lo em breve.

Quais os museus de Lisboa que deve mesmo visitar assim que possível?

Conhecido como uma das maiores referências da arte moderna e da arte contemporânea em Lisboa, o Museu da Colecção Berardo tem uma exposição permanente e quatro exposições temporárias actualmente abertas ao público. Apresenta os mais importantes movimentos artísticos, assim como contextos e backgrounds culturais diversificados, e ainda diferentes formas de expressão que construíram a história da arte do passado século. 

Valiosas peças de arte, de reconhecidos artistas como Pablo Picasso, Marcel Duchamp, Joan Miró, Andy Warhol, Bruce Nauman, entre tantos outros, estão presentes no museu Colecção Berardo; um lugar que definitivamente deve visitar se é um amante de arte moderna ou de arte contemporânea.


Um dos museus de Lisboa mais conhecidos na capital (e mesmo no país): a Fundação Calouste Gulbenkian, criada em 1956 pela última vontade e testamento da pessoa que mais contribuiu para a difusão da arte em Portugal (sobretudo em Lisboa), Calouste Sarkis Gulbenkian - um filantropo da Arménia que viveu na capital entre 1942 e 1955, ano da sua morte. 

O museu da Fundação Calouste Gulbenkian, que é palco da colecção privada do seu fundador, apresenta também uma colecção de arte moderna e de arte contemporânea, e junta-se, assim, ao coro, à orquestra, ao instituto de investigação científica e ao belíssimo jardim da Fundação, disponíveis para seus visitantes. 

Devido à importância e à elevada influência que o seu fundador ainda tem em Portugal, este é definitivamente um dos museus a visitar em Lisboa. 
O MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, que se apresenta como "um novo centro cultural na cidade de Lisboa”, é um museu bastante recente. Apresenta exposições nacionais e internacionais de artistas, arquitetos e pensadores contemporâneos. É também um lugar que oferece um programa diversificado onde pode debater uma ampla variedade de tópicos adaptados aos diferentes públicos e idades. Outro lugar que deve ser incluído na sua checklist dos museus de Lisboa a visitar.
 

FUNDAÇÃO CASA-MUSEU AMÁLIA RODRIGUES
A casa da maior fadista do último século, talvez de todos os tempos, Amália Rodrigues - uma artista portuguesa mundialmente reconhecida. Se gosta de fado, ou apenas quer saber mais sobre este tipo de música, tão característica em Portugal, a Fundação Casa-Museu Amália Rodrigues é um ponto obrigatório para visitar - especialmente porque a sua criação foi um grande desejo da artista. 
 
Dentro desta casa, poderá encontrar peças de arte, troféus, roupas e várias decorações, todas bem preservadas desde o último dia de Amália na sua casa, no dia 6 de Outubro de 1999. Aqui, vai sentir o fado por todos os cantos, e terá a honra de partilhar o mesmo espaço onde outrora viveu esta diva portuguesa.


Um dos mais icónicos museus de Lisboa, o Museu Nacional do Azulejo apresenta uma colecção única de azulejos - uma expressão artística onde a cultura Portuguesa se destaca. A localização é também muito especial, uma vez que foi construído no antigo Convento da Madre de Deus. Um lugar perfeito para visitar se pretende conhecer as raízes da cultura nacional.


MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA
Amantes da arqueologia: isto é para vocês! O Museu Nacional de Arqueologia é o principal museu dedicado à área da arqueologia em Portugal. Fundado em 1893, no Mosteiro dos Jerónimos (uma localização privilegiada em Lisboa), apresenta-se como uma instituição de referência da Arqueologia Portuguesa. Por isso, possui múltiplos acordos com museus, universidades e centros de pesquisa em todo o mundo. 
 
Este museu exibe a história do povoamento do território português, desde as suas origens até à Idade Média, embora algumas colecções possuam registos de documentos e de bens datados até ao século XX.


O Palácio Nacional da Ajuda é um lugar muito especial para visitar e um dos museus em Lisboa mais emblemáticos. Foi construído para abrigar a Família Real após o grande terremoto de 1755, que destruiu a residência Real e parte da cidade. Mas, hoje, este edifício não é apenas uma antiga residência Real, mas também uma importante biblioteca (antiga biblioteca Real) e a galeria de pintura do rei D. Luís I. É também utilizada pelo Estado Português para as cerimónias oficiais. 
 
O Palácio Nacional da Ajuda reúne importantes colecções, especialmente artes decorativas que datam desde o século XV ao século XX, onde se incluem peças de ouro, jóias, móveis, têxteis, vidro e cerâmica, pinturas, gravuras, esculturas e colecções fotográficas.


MUSEU NACIONAL DOS COCHES  
Dos mais tradicionais museus de Lisboa, este serve como museu e também como espaço de utilidade pública. Localizado no coração de Belém, sua construção impulsionou a criação de novos espaços públicos e percursos urbanos. Este museu possui a mais importante colecção de coches, desde o século XVI ao século XIX, e também disponibiliza workshops de restauração e de conservação.
 
 
E então, estes impressionantes museus de Lisboa já o convenceram do potencial desta cidade na especialidade da arte?

Últimos posts