Menu
Eventos

Venha celebrar as Marchas Populares e os Santos de Lisboa

Gostaria de conhecer o verdadeiro espírito bairrista? Saiba que os Casamentos de Santo António, também conhecidos como as Noivas de Santo António, as Marchas Populares e os Santos de Lisboa podem ajudá-lo a atingir esse objectivo. Venha celebrar estas festividades nos dias 12 e 13 de Junho, para que possa fazer parte deste dia especial, exclusivamente dedicado a Santo António, o Santo mais querido e adorado da cidade de Lisboa! 

O que pode então fazer nos dias 12 e 13 de Junho?

No dia 12 de Junho, durante o dia, as ruas estão cheias de amor (o mesmo amor que também é transmitido em directo no canal público da televisão portuguesa) e 16 casais unem-se em matrimónio; estes são os casamentos de Santo António. Ao início da noite, um conjunto de pessoas, todos vestidos a rigor, marcham pela Avenida da Liberdade, naquele que é o evento cultural mais aguardado do ano e que traz milhares de turistas à cidade; estas são as tradicionais Marchas Populares. Ao fim da noite, em cada bairro da cidade, a euforia dos Santos Populares de Lisboa invadem o corpo e alma de todos, que se juntam para comer sardinhas assadas e confraternizar em momentos de pura diversão e alegria.

No dia 13, feriado municipal em Lisboa, em forma de homenagem ao dia da morte de Santo António, o dia é todo seu… assim como a cidade! Por isso, neste dia, sinta-se livre para fazer o que desejar e precisar!

As Marchas Populares e os Santos Populares: 2 pilares da cultura lisboeta

Junho é um mês muito especial, já que o dia 12 é também a data oficial dos Santos Populares, que são celebrados em honra de Santo António, São João e São Pedro - 3 Santos muito especiais para os Portugueses. Muitas festividades, com os seus acessórios característicos, tomam conta de várias cidades, mas são Lisboa e Porto as que recebem mais atenção por parte dos órgãos de comunicação social. 

Embora o Porto seja também palco de importantes festividades, como as celebrações do São João, é na capital que as pessoas vivem estas tradições mais intensamente: as Marchas Populares, em conjunto com a noite dos Santos, são fortes pilares da cultura e da tradição de Lisboa; na realidade, ambos são representações apaixonantes das experiências de vida nos vários bairros - locais onde a cidade tem as suas raízes mais profundas. 

E outra curiosidade deve também ser contada: as Marchas Populares — um desfile realizado, ao início da noite, entre a Avenida da Liberdade e a baixa da cidade — até o espírito da antiga e genuína Lisboa, são tão imprescindíveis para tantas pessoas (sobretudo para quem participa nas marchas), que as suas vidas, ao longo do ano, giram em torno deste evento. Na verdade, esta paixão é tão desmedida que se dedicam, com toda a alma e coração, à idealização e criação das marchas - que normalmente representam os seus bairros. Figurinos, coreografia, acessórios, música, letra… tudo é ensaiado vezes sem conta até ser apresentado ao público e ao painel de jurados no grande dia. Para estas pessoas, esta noite tem de ser perfeita: a sua marcha tem de agradar todos; e, claro, ser a grande vencedora, ou pelo menos, a vencedora de uma das categorias, onde se incluem "coreografia", "cenografia", "figurino", "letra", "musicalidade", "composição original" e "desfile na Avenida da Liberdade"(veja algumas fotografias das Marchas Populares em 2018).

"Santo António de Lisboa e do mundo” será o tema das Marchas Populares deste ano, que visa mostrar, além fronteiras, a importância deste tão adorado Santo. Razão pela qual, se está a pensar visitar a cidade no próximo mês de Junho, as Marchas Populares de Lisboa e os Santos Populares podem ser duas razões de peso para o fazer. A cidade convida-o a vir celebrar as festividades junto das milhares de pessoas que, nestes dias de folia, vão até à baixa da cidade e para as ruas dos bairros mais típicos. Só precisa de se preparar para: as cores berrantes, os acessórios mais incomuns, a música tradicional num som particularmente alto, os sons barulhentos e o cheiro de sardinhas, de pastéis de bacalhau, de peixinhos de hora e de outros deliciosos petiscos portugueses; e, o melhor de tudo isto, para a magia, para as gargalhadas e para a alegria contagiante que se espalha por Lisboa.

Últimos posts

Restaurante BAHR
Onde comer

Jantar romântico em Lisboa: onde levar a sua cara metade?

Já muito lhe contámos sobre esta cidade: que tem uma luz radiante, paisagens esplendorosas, lugares encantadores e carregados de histórias de “fazer chorar as pedras da calçada”. Mas o que ainda não revelámos é que as “gentes” de Lisboa — um povo profundamente caloroso e acolhedor — tem os sentimentos à flor da pele e derrete-se facilmente com uma linda história de amor. E que esta é a cidade perfeita para desfrutar de um jantar romântico com quem mais ama.

Saiba mais
Pastelarias em Lisboa: Jesuita
Onde comer

Pastelarias em Lisboa que lhe deixam água na boca

Dizem que uma cidade pode conquistar um turista pelo estômago; no caso desta capital, podemos mesmo afirmá-lo com toda a veemência. Que digam todos aqueles que têm o privilégio de provar as iguarias mais tradicionais nas várias pastelarias em Lisboa — lugares que adoçam a alma e o espírito dos mais gulosos e que, sobretudo, reflectem uma tamanha e inigualável “portugalidade”.

Saiba mais