Menu
Atracções

Silêncio, que se vai cantar o fado

Museu do Fado
Sabia que o fado é declarado, pela UNESCO, Património Cultural Imaterial da Humanidade? É verdade. Esta é a primeira expressão artística a receber esta distinção em Portugal. 

Engana-se quem acredite que todos os portugueses adoram fado, mas é certo que grande parte sente orgulho nesta herança musical. Mesmo quem não gosta de ouvir, sabe que fado representa "saudade”.   

Se procura o que fazer em Lisboa, as casas de fados são uns dos encantos da noite da cidade. Vale sempre a pena entrar numa casa e misturar-se com os turistas e os boémios alfacinhas. Uma coisa é certa, nunca se esqueça que deve sempre fazer silêncio quando se canta o fado. 

O fado conquista corações 

Mesmo que não perceba a letra ou esteja a ouvir fado de passagem, vai apaixonar-se pelos olhares introspectivos dos guitarristas, pela excentricidade dos fadistas e até, quem sabe, pelo vinho de meia qualidade e os petiscos baratos que lhe colocam na mesa. Tudo ganha outro paladar, principalmente quando falamos da música feita do povo e para o povo. O que já foi associado a ambientes mais pobres e marginais, agora faz parte de qualquer classe social. 

Para entrar de corpo e alma na história deste "triste destino”, o melhor será mesmo visitar o Museu do Fado. Está situado no coração de Alfama, junto ao Largo do Chafariz de Dentro. 

Aqui, encontra um espólio de centenas de intérpretes, autores, compositores, músicos, entre outros nomes mais e menos conhecidos. O Museu do Fado presta homenagem a todos os protagonistas de uma história aproximada de 200 anos.

Para além do museu

Depois de abrir as portas em 1998, o Museu do Fado foi crescendo e conseguiu cimentar a sua posição nos guias turísticos de Lisboa. É uma fonte importante da identidade cultural da cidade e do país e, para além das exposições, tem um auditório, onde decorrem diversas actividades, espaços de ensaios, uma loja e um restaurante.

Por isso, não há razões para deixar esta visita de lado. Explore o museu e, no fim, deixe-se perder pelas ruelas do bairro de Alfama. Rapidamente vai conseguir encontrar uma casa de fado tipicamente portuguesa.

Últimos posts